Você está aqui
Home > Feiras e Eventos > VISTA FAIR DIGITAL

VISTA FAIR DIGITAL

Adaptação de feira física para online traz desafios e novas oportunidades

Todos sabemos que, pela pandemia de Covid-19 e a necessidade de manter o distanciamento social como uma das formas de evitar o contágio e o alastramento do vírus, diversos desafios vieram, entre eles, transpor barreiras entre o físico e digital. E isso, inevitavelmente, aconteceu com as feiras e eventos de negócios, um dos setores que tem sido fortemente abalados justamente pelos fatores contato humano, exposição de produtos, network e fechar negócios “cara a cara”.

Mas como estagnar não era uma opção, promotores e expositores em todo o mundo começaram a pensar juntos e se articular, lançando mão de todas as ferramentas possíveis para fazer seus eventos acontecerem. Ana Flôres e Willian Casarim, diretores da Vista Fair, que estava com data marcada há tempos para acontecer em maio deste ano com sua segunda edição física, se viram neste furacão, mas pensaram e agiram rápido para achar uma solução.

“No dia 11 de março, quando a OMS decretou a pandemia, nos vimos diante de um dos maiores desafios das nossas vidas e, imediatamente, tivemos que tomar algumas decisões importantes, como adiar a feira para 2021 e comunicar o mercado”, contam.

“A partir desse momento, começamos a observar o comportamento do setor de feiras nacional e internacional, o que durou aproximadamente um mês. Após esse período, reunimos nossa equipe e tentamos transpor o físico para o digital, criando então a Vista Fair Digital. Foi a forma encontrada de mantermos o setor conectado e em movimento”, avaliam.

FEIRA ONLINE

A feira, uma das principais no Brasil a reunir os segmentos de moda íntima, praia e fitness, já está funcionando na plataforma www.vistafair.com.br e durará seis meses. Você não leu errado. Os diretores explicam que o intuito é manter-se interagindo com o mercado, aproximando a indústria, os lojistas e o consumidor final, reunindo o maior número possível de empresas no ambiente que a plataforma possibilita e tornando-se uma referência ao setor. Outra razão é, durante esse período, analisar o cenário para decidir o momento mais apropriado para voltar com uma versão física. Assim, se abrem ainda mais chances de conexão com novas empresas e clientes, já que as limitações físicas como data fixa, espaço e despesas com viagens deixam de existir.

Os diretores explicam que, no primeiro momento, a prioridade na plataforma foi dada aos patrocinadores e expositores que já possuíam contrato assinado para a feira física, sendo esse o critério que encontraram para dar início a era digital da Vista Fair.

Funciona assim: cada patrocinador e expositor tem sua área (como se fosse o seu stand), de modo que possam apresentar os seus produtos; para acessar a plataforma, o confeccionista, lojista ou consumidor final, devem fazer seu cadastro na página de acordo com seu perfil e atividade comercial. Cadastro feito e enviado, serão enviados por e-mail um login e senha para acessar a feira digital, válidos enquanto a feira estiver no ar.

Depois do dia 27 de julho, a Vista Fair abriu espaço também às empresas que não tinham contrato com a feira, mas que despertaram interesse em participar da versão online.

Entre os diferenciais da Vista Fair Digital, os diretores destacam a divulgação da feira e dos expositores em suas redes sociais, como Instagram, Facebook, LinkedIn, YouTube, e também por e-mail marketing, com um mailing da indústria e de lojistas atualizado periodicamente. Outros diferenciais da plataforma são a inserção de outras áreas correlacionadas a moda, como beleza, lifestyle e inteligência de mercado, ampliando sua abrangência e proporcionando aos visitantes um maior universo de produtos e serviços.

Além disso, há também a inserção de conteúdos especiais que estão preparando para levar informação ao setor por meio de lives, vídeos e matérias, com convidados e profissionais de relevância do mercado. “Dessa forma, utilizamos a tecnologia para nos mantermos unidos”, completam os diretores.  

PARCERIA COM A ACIJU

Recentemente, a Vista Fair Digital anunciou sua parceria com a Associação Comercial e Industrial de Juruaia (Aciju), polo mineiro de moda íntima de grande relevância nacional, que por meio do digital, vem surpreendendo com seus resultados neste período pandêmico.

“A parceria com a Aciju vem de muitos anos, já fizemos ações conjuntas, eventos em Juruaia, e essa união é para que consigamos trazer o maior número de empresas possíveis para dentro da feira digital”, explica Ana.

A Vista Fair Digital tem patrocínio máster da Nilit® e Sensil® e também os patrocínios da Berlan e Bojo Tek.

Deixe uma resposta

Top