Você está aqui
Home > Modelagem > STARTUP SIMPLIFICA SERVIÇO DE MODELAGEM E CHAMA A ATENÇÃO DAS CONFECÇÕES

STARTUP SIMPLIFICA SERVIÇO DE MODELAGEM E CHAMA A ATENÇÃO DAS CONFECÇÕES

Processed with VSCO with p5 preset
Tyara Nascimento, CEO da Molde.me.

Um serviço trabalhoso, que requer profissionais qualificados, muitas horas de dedicação, mas que também representa um dos principais diferenciais de uma marca no mercado têxtil. A modelagem é parte essencial do dia a dia de qualquer indústria do segmento de moda e, assim como outras áreas, vem passando por inovações.

A Molde.me, startup que tem chamado a atenção de confecções em todo o Brasil e, agora, passa por aceleração na Spin, uma das dez melhores aceleradoras do país, propõe exatamente isso: uma revolução. Levando em conta que cerca de 66% das microempresas optam pela tradicional modelagem manual, com papel, lápis e réguas, e que 24% das empresas terceirizam o processo, a marca investiu em uma plataforma para resolver grande parte dessas dificuldades.

A solução, de uma vez só, diminui o tempo destinado ao trabalho, potencializa a produção e amplifica o processo criativo. Para isso, a startup Molde.me automatizou a modelagem, transformando, em poucos segundos, imagens em moldes com gradações e encaixes perfeitos. Além de otimizar o serviço, a plataforma ainda reduz o desperdício e pode ser acessada por qualquer pessoa.

Para se ter uma ideia, na modelagem manual, entre criação, gradação e encaixe, são necessárias cerca de oito horas de trabalho. Já na plataforma, tudo isso leva menos de 60 minutos. “Outro diferencial é a economia. No encaixe manual, o desperdício de tecido, que soma até 60% do custo total de uma peça, pode chegar a 20%, o que não temos na Molde.me”, explica a CEO e fundadora, Tyara Nascimento. Ela ainda enfatiza que a solução gera um aumento de 160% na produção de um modelista e, também, de 10% na receita da empresa.

Segundo a CEO, Tyara Nascimento, plataforma gera aumento de 160% na produção de um modelista. Fotos: Divulgação / Molde.me

Atendendo clientes em todo o Brasil, com abrangência maior no Sul, uma das mais importantes regiões têxteis do país, a startup catarinense também tem servido à educação profissional. Em parceria com a Unisul Florianópolis, a solução será utilizada nas aulas de modelagem oferecidas pela instituição a partir deste semestre. Além disso, no ano passado, ela foi exposta dentro do Projeto Estufa, na São Paulo Fashion Week. Outras informações estão disponíveis no site molde.me.

 

Sobre a Spin

A Spin é a primeira aceleradora startup+indústria do Brasil e também uma das dez melhores aceleradoras do país, conforme o Startup Awards 2018. Com unidades estabelecidas nas cidades catarinenses de Jaraguá do Sul, Joinville e Blumenau e também uma nova operação instalada em São Paulo, a marca chega, em breve, a Curitiba. Parceria oficial do Stanford Research Institute para todo o território nacional, a Spin tem como objetivo colocar frente a frente startups inovadoras, indústrias e investidores interessados em transformá-los em negócios exponenciais. Para saber mais, basta acessar o site www.spin.capital. A aceleradora também está nas redes sociais e possui o portal de educação www.spin.capital/academy.

2 thoughts on “STARTUP SIMPLIFICA SERVIÇO DE MODELAGEM E CHAMA A ATENÇÃO DAS CONFECÇÕES

Deixe uma resposta

Top