Você está aqui
Home > Fique por dentro > POLO DE JURUAIA PEDE INSUMOS PARA FABRICAR 1 MILHÃO DE MÁSCARAS PARA DOAÇÃO

POLO DE JURUAIA PEDE INSUMOS PARA FABRICAR 1 MILHÃO DE MÁSCARAS PARA DOAÇÃO

Cidade se transforma em um exército de solidariedade 

Conhecido nacionalmente por seu protagonismo na fabricação de lingeries no Brasil, o Polo de Juruaia, no Sul de Minas Gerais, localizado a 430 quilômetros de Belo Horizonte, agora está presente no cenário nacional com outro propósito: ajudar vencer a guerra contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Numa mobilização sem precedentes, todos os integrantes da cadeia de produção de Juruaia estão juntando forças, recursos e muita solidariedade para agilizar a fabricação de máscaras que serão doadas a hospitais. Ao todo, a região pretende conseguir produzir e entregar 10 mil máscaras até o final do mês. Entretanto, o objetivo é receber insumos para alcançar a meta de 1 milhão de máscaras para doação.

Os materiais necessários são TNT comum e cirúrgico, que também pode ser utilizado para fazer aventais, e insumos usados na fabricação de lingeries como elásticos de calcinha e fio linho

A movimentação e organização está sendo viabilizada principalmente pela união de forças por meio da parceria entre gestão privada e gestão pública, que está acontecendo entre a prefeitura municipal, a secretaria de desenvolvimento social e as associações de grupos de negócios.

A prefeitura por meio da Secretaria de indústria e Comércio e da Saúde compraram TNT cirúrgico e entregaram a várias fábricas, que estão doando seu tempo e mão-de-obra, muitas delas formadas por profissionais autônomos, que estão trabalhando voluntariamente.

Os insumos, que também incluem linha e elástico, estão sendo doados por fornecedores do próprio polo. E algumas compras complementares são feitas de alguns varejistas pelas próprias confecções, o que inclusive está movimentando a economia local.

WhatsApp Image 2020-04-02 at 15.45.38CORRENTE DO BEM – E nessa corrente do bem, ninguém fica de fora. Transportadoras que atendem o polo estão se prontificando a distribuir matéria-prima nas fábricas e a entregar as peças finalizadas para doação gratuitamente. A adesão de mais transportadoras poderá ampliar as áreas de entregas.

Lojas de venda e manutenção de máquinas de costura estão a postos para consertar equipamentos que venham a se danificar durante o processo de produção das máscaras, sem cobrar por isso, para que a produção não seja prejudicada.

 

SERVIÇO:

Quem desejar colaborar pode entrar em contato com a ACIJU através do e-mail aciju@aciju.com.br. Ou entrar em contato com:

 (35) 9142-3336: Dedel Gonçalves, secretária de indústria, comércio e turismo de Juruaia

(35) 9944-1990: José Antônio da Silva, presidente da  Associação Comercial e Industrial de Juruaia

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

Top