Você está aqui
Home > têxtil > PENSANDO NA FORÇA DE TRABALHO FEMININA, CEDRO TEXTIL INVESTE UNIFORMES QUE UNEM SEGURANÇA, CONFORTO E BELEZA

PENSANDO NA FORÇA DE TRABALHO FEMININA, CEDRO TEXTIL INVESTE UNIFORMES QUE UNEM SEGURANÇA, CONFORTO E BELEZA

2017-09-11_Cedro_1351Embora às vésperas de mais um Dia Internacional da Mulher (8 de março) o mercado de trabalho ainda busque por uma maior representatividade feminina em diversos setores da economia, a Cedro Textil tem se atualizado constantemente para oferecer soluções em uniformização que agradem as trabalhadoras, sem abrir mão da segurança. Em todas as suas linhas de produtos, desde os tecidos indicados para prestação de serviços até aqueles que são a base de uniformes para a indústria de base – como petroquímica e mineração, entre outras – a companhia investe em opções mais leves, coloridas, elastizadas e que proporcionem melhor desempenho profissional.

A linha Extensive Flex, por exemplo, oferece maior liberdade de movimento através de tecidos com elasticidade moderada, que contribuem para a confecção de uniformes mais confortáveis e com um acabamento estético mais moderno e alinhado a tendências de moda.  Já a linha de acabamentos especiais que garantem funcionalidades como proteção contra arco-elétrico, fogo, manchas e vetores, muitas dessas podendo ser combinadas, é reconhecida por oferecer tecidos com menor gramatura que a média do mercado, resultando em uniformes mais leves que não prejudicam a performance.

Para Renata Garcia, Gerente Comercial Workwear, considerar a força de trabalho feminina no momento de conceber os tecidos profissionais é um pré-requisito na tecelagem. “Independente da função, é possível e indicado respeitar as diferenças de gênero, entregando soluções mais personalizadas às profissionais, garantindo sua autoestima e, consequentemente, contribuindo para sua produtividade”, finaliza.

 

EMPODERAMENTO FEMININO E ACEITAÇÃO À DIVERSIDADE PROVOCAM MUDANÇAS NA INDÚSTRIA DA MODA

Os tempos mudaram e as mulheres também! Foi a época em que a busca pelo corpo perfeito para se enquadrar nos padrões de beleza angustiava as brasileiras. Hoje, felizmente, às vésperas do Dia Internacional da Mulher (8 de março), os movimentos que estimulam o empoderamento feminino celebram uma importante conquista: agora são as empresas de vestuário que se adaptam à diversidade de corpos, estilos e formas, e não mais o contrário.

Essa realidade já pode ser observada nas campanhas publicitárias de grandes marcas e magazines, embora ainda exista um extenso caminho a ser trilhado. O que muitas pessoas ainda não imaginam é que essa transformação no comportamento de compra das mulheres tem provocado a adaptação de toda a cadeia produtiva de moda, começando pela indústria, que tem investido em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias que garantem o conforto e a adaptação dos tecidos às curvas femininas, sejam elas de qualquer proporção.

É o caso do Ultra Duo, denim da Cedro Têxtil que utiliza a tecnologia LYCRA (r) Beauty, lançada pela Invista no segundo semestre de 2017. A novidade foi uma das mais demandadas entre os produtos da coleção Nação até o momento, já que o produto permite a confecção de peças em jeans que valorizam as formas, unindo segurança e liberdade de movimentos para uma modelagem corporal ainda mais harmônica. Sempre atenta à sociedade, a Cedro Textil, entretanto, já começou a mudar seus produtos e a apresentação deles desde 2015, quando lançou a coleção Transformação e convocou a modelo plus size Sílvia Naves para compor o seu casting.

“De lá para cá, todos os nossos editoriais de moda contam com belezas diversas, que fogem do antigo padrão das passarelas, para que as brasileiras se reconheçam na moda. Afinal, a o jeans é um dos produtos fashion mais democráticos do mundo e fica ainda mais bonito quando usado por pessoas reais, que desfilam suas belezas únicas dando ainda mais autenticidade às produções”, conta Oto Arantes, Gerente Comercial Jeanswear. Joana Carrara, estilista responsável pelo desenvolvimento de produtos, completa: “Essa respeito à diversidade não fica apenas no discurso. Em todas as coleções, especialmente nos últimos três anos, fazemos uma extensa pesquisa para trazer produtos cada vez mais elastizados, confortáveis e que fiquem bonitos em todos os corpos”.

Deixe uma resposta

Top