Você está aqui
Home > Fique por dentro > HACO COMEMORA 93º ANIVERSÁRIO ANUNCIANDO INVESTIMENTOS

HACO COMEMORA 93º ANIVERSÁRIO ANUNCIANDO INVESTIMENTOS

Mais de R$15 milhões serão destinados às unidades de Santa Catarina e Nordeste, ampliando a capacidade produtiva da empresa

Além de ter comemorado o Dia do Trabalhador, em 1º de maio a blumenauense Haco também celebrou o seu 93º aniversário. Fundada em 1928 por imigrantes alemães no bairro Vila Itoupava (onde está até hoje), a Haco é considerada líder mundial quando o assunto é a identificação de marcas.

Com 93 anos de história, a empresa familiar está sob o comando da sua quarta geração. De 1928 para cá, a evolução foi uma constante: no início, eram produzidos apenas os cadarços, e atualmente, a empresa conta com 15 linhas de produtos, que seguem as tendências mundiais da moda.

Além dos tradicionais cadarços, no portfólio é possível encontrar itens como etiquetas tecidas e estampadas, tecidos Jacquard, transfers, bordados, etiquetas decorativas, etiquetas de cós, lacres, metais, RFID (identificação por radiofrequência), tags, sacolas e embalagens. 

Com três unidades produtivas no Brasil – Blumenau e Massaranduba (SC); Eusébio (CE); e uma em Portugal, a Haco produz anualmente 6 bilhões de etiquetas tecidas e mais de 60 milhões de metros de cadarços.

EXPANSÃO DOS NEGÓCIOS

Mesmo em um período atípico, a empresa investirá mais de R$ 15 milhões nas unidades de Santa Catarina e Ceará. Além de aumentar a gama de produtos, o objetivo é ampliar a capacidade produtiva, tendo em vista o crescimento das vendas nos últimos anos.

Alberto Conrad Lowndes, presidente da Haco

O presidente da Haco, Alberto Conrad Lowndes garante que o momento – apesar de delicado – que o país passou durante a pandemia foi decisivo para o aumento dos investimentos na empresa. “Renovamos o maquinário e aumentamos significativamente a nossa capacidade de produção. Na contramão da crise, seguimos investindo nos nossos pilares de inovação, serviço, moda e design”, comenta.

Inicialmente, os recursos serão destinados a expansão dos negócios para três segmentos: calçadista, esportivo e jeanswear.  

No mercado calçadista, serão adquiridas máquinas para atacadores. Já no segmento esportivo, o investimento está focado na produção da linha de emborrachados. No jeanswear, a expectativa é aumentar a produtividade nas etiquetas de cós, onde a Haco está ganhando espaço no mercado nacional e internacional e trazendo diversas novidades em produtos para o denim.  

Pensando sempre em oferecer cada vez mais inovação, excelência em serviço e velocidade, a companhia iniciou em fevereiro de 2021 a implementação do projeto Salesforce, que é a maior e mais completa ferramenta de CRM do mundo. O investimento, em torno de 1,5 milhões de reais, foi feito com foco total no mercado, visando diversos benefícios como a integração dos serviços, melhoria do atendimento, maior velocidade etc.

FEITA DE GENTE

Fotos: Divulgação Haco

O conceito de empresa familiar ultrapassa a gestão da Haco. Pelos corredores da indústria, é possível encontrar diversas famílias e gerações. “As pessoas são uma parte fundamental no negócio. A paixão com que as pessoas trabalham aqui dentro é impressionante, é realmente algo diferente, é como se fosse uma família”, comenta Alberto.  

“São histórias de avôs, pais, filhos e netos que se cruzam no trabalho quase artesanal de confeccionar uma etiqueta. São histórias de famílias que se formaram na empresa. São histórias de colaboradores que sentem o maior orgulho em integrar essa história e levar o nome da Vila Itoupava para o mundo. Feita de gente, são as pessoas que tecem sonhos e dão vida à identidade das marcas.”

Deixe uma resposta

Top