Você está aqui
Home > Destaque > COPA DO MUNDO E GREVE DOS CAMINHONEIROS TIVERAM IMPACTO NEGATIVO NO SETOR TÊXTIL E DE CONFECÇÃO

COPA DO MUNDO E GREVE DOS CAMINHONEIROS TIVERAM IMPACTO NEGATIVO NO SETOR TÊXTIL E DE CONFECÇÃO

Dados do prejuízo são apresentados no Radar Abit

O impacto da greve dos caminhoneiros no setor e a influência da Copa do Mundo nas vendas do varejo foram temas abordados na segunda edição do Radar Abit, veiculado no canal de Ensino a Distância da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ead Abit)

No programa, o superintendente de políticas industriais e econômicas da Associação, Renato Jardim, destacou os resultados apurados em pesquisa feita pela entidade com empresas associadas.

Durante a greve dos caminhoneiros, 48,98% das empresas do setor tiveram dificuldades para escoar a produção e 37,76% informaram ter sofrido com o desabastecimento de insumos.

“Os empresários reclamaram conosco que, por causa da paralisação, não conseguiram concluir a produção ou entregar os produtos dentro do prazo. O movimento foi muito ruim para o setor têxtil. Praticamente, anulou o desempenho positivo dos dois meses anteriores”, afirmou Jardim.

Sobre a influência da Copa do Mundo nas vendas do varejo têxtil (fonte Cielo), Renato Jardim mostrou a forte retração nos números do setor têxtil e de confecção, mensurados nos dois primeiros jogos do mundial.

“A copa teve impacto negativo. Em 2014, já havíamos percebido esse fenômeno. O evento movimenta a economia, mas não ajuda as vendas do setor, porque o consumidor dedica um percentual de sua renda para outras compras, como alimentos ou bebidas, para consumir na hora dos jogos”, explica.

A segunda edição do Radar Abit debateu, ainda, a expectativa do setor para as eleições presidenciais. De acordo com o superintendente, os próximos meses serão desafiadores, com os olhos do mercado voltados aos candidatos e suas propostas de governo.

Radar Abit é veiculado todo mês, gratuitamente, no canal EAD da entidade. A cada programa, são abordados os principais acontecimentos do setor, com projeções econômicas e fatos que possam alterar o desempenho da indústria têxtil e de confecção.

Assista a íntegra do Radar 2 aqui. A apresentação começa aos 7’30”, após o tempo de testes:http://www.eventials.com/abit/radar-2-cenario-economico-e-destaques-de-junho-na-industria-textil-de-confeccao/

 

Deixe uma resposta

Top