Você está aqui
Home > Feiras e Eventos > COMAS E FLAVIA AMADEU SE UNEM EM COLEÇÃO PARA A BRASIL ECO FASHION WEEK

COMAS E FLAVIA AMADEU SE UNEM EM COLEÇÃO PARA A BRASIL ECO FASHION WEEK

Sinergia é palavra que traduz as novas criações que as marcas trazem juntas à passarela da Brasil Eco Fashion Week 2020 no dia 27/11

A Comas (@comas_sp) já é referência no Brasil e fora dele com sua maestria na arte do upcycling de rejeitos da indústria têxtil para confecção de roupas, já Flavia Amadeu (@flaviaamadeudesign) também tem seu spotlight garantido dentro e fora do país, com suas joias e acessórios de borracha Amazônica produzidas de forma sustentável por comunidades ribeirinhas e indígenas na floresta, as quais denomina Joias Orgânicas.

Neste ano, a Brasil Eco Fashion Week, em sua quarta edição, que acontece em formato totalmente digital, acabou juntando as duas num pensamento em comum: “Mudar o formato é sempre um grande desafio, mas também representa uma oportunidade de reinvenção, desta vez, os desfiles chegam a todos e em qualquer lugar” comenta Agustina Comas. Foi com essa percepção que Flavia propôs a parceria. “Entendemos ser este um caminho viável e de fortalecimento, não só financeiro, mas também criativo, além de aumentar exponencialmente nossa capacidade de divulgação.”

Muito mais que unir suas criações, as duas marcas convidadas da BEFW, se uniram para ir além e criar uma nova tecnologia: sistemas em borracha que dão estrutura para as roupas. Esses sistemas dão maior espaço à desconstrução das peças que no upcycling se ressignificam, absorvendo em maior escala as técnicas da Comas somadas à maleabilidade, volumetria e corte possíveis trazidas pelos designs da Flavia Amadeu. As designers Agustina e Flavia brincam com essa pesquisa do vestir os materiais no corpo, “é apenas o início de um caminho poético, uma descoberta colaborativa com potencial para muito mais”, afirmam.

Sobre o desfile, as designers propõem uma atmosfera intimista, em clima meditativo, que traz à tona o momento de que estamos vivendo, de parar, de repensar. Ao mesmo tempo, com poesia, com leveza, com movimentos de água e sons de animais. “Queremos trazer esse tom para a passarela, de uma moda que reflete os desafios do momento, que entende que o futuro é agora e sustentabilidade é sobre a regeneração da vida. O sonho é que moda sustentável se torne um termo redundante” comenta Flavia.

PARCERIAS AGREGADAS

Outra novidade são as parcerias e patrocinadores que as marcas buscaram, todos alinhados ao propósito de sustentabilidade da Comas e da Flavia Amadeu:

  • a Castanhal (@jutacastanhal), maior produtora de fios e telas de fibra de juta do país, apoia milhares de famílias ribeirinhas que vivem exclusivamente deste material, às margens dos rios Solimões e Amazonas.

“Aproveitamos para explorar as sacas de café como matéria prima para nossas peças e acessórios. A ideia é encontrarmos um reuso para as sacas que são utilizadas no transporte do café” comenta Agustina.

  • a Wickbold (@wickbold), líder no segmento de pães especiais e saudáveis, faz parte da Rede Origens Brasil, que promove negócios sustentáveis na Amazônia em áreas prioritárias de conservação, especialmente apoiando a produção de castanha do Pará, produzida por comunidades na floresta.

“Ficamos muito felizes com essa parceria, pois ela tem total sinergia com a companhia. Nós já fazemos parte da Rede Origens Brasil, que promove negócios sustentáveis na Amazônia em áreas prioritárias de conservação, e queremos sempre colaborar com os povos dessa região, que são verdadeiros agentes que contribuem para manter a floresta em pé”, afirma Denise Pacheco, coordenadora de marketing da Wickbold.

Fundadora da Comas, Agustina destaca o papel da fabricante como patrocinadora. “Ao colaborar conosco para a realização desse grande evento, a Wickbold nos ajuda a levar a moda brasileira para um novo patamar de reconhecimento em inovação e sustentabilidade”, ressalta.

Em concordância, Flávia analisa ainda que o novo momento é desafiador, mas que o consumidor está mais atento e cauteloso com o que adquire e compra. “O futuro é agora e isso nos aproxima das pessoas, que estão mais abertas para rever conceitos e abraçar um estilo de vida muito mais sustentável. Por isso, é de extrema importância contar com o apoio de grandes marcas para inspirar cada vez mais o consumo consciente”, conclui.

  • a Cervejaria Colorado (@cervejariacolorado) também é parte desse hall , com suas cervejas Amazônicas de farinha de babaçu produzidas por comunidades ribeirinhas da Terra do Meio no Pará.
  • a Arcas Bear (@arcasbear_sneakers), marca de tênis americana com DNA da brasileira e empresária Cynthia Arcas, faz uso de matérias primas veganas e sustentáveis, como borracha e tecido reciclados. A Arcas Bear faz seu lançamento no Brasil neste desfile.
  • o Ratorói (@ratoroi) é um estúdio de design que desenvolve e produz superfícies e produtos feitos com 100% plásticos reciclados com o auxílio de cooperativas e pequenas recicladoras. É parceira da Flavia Amadeu nas Funtastics Masks.
  • a Da Tribu (@datribu), marca de materiais e produtos artesanais com látex produzidos por artesãs na floresta Amazônica
  • a Wiit Design Studio (@wiitdesignstudio), parceira de Flavia Amadeu na coleção A+W de óculos de impressão 3D com carbono de poluição.

“Conectamos com patrocinadores e parceiros alinhados aos nossos propósitos. Por um lado, marcas que beneficiam o bioma Amazônico a partir da geração de renda na floresta, assim como a Flavia Amadeu e, por outro, marcas que também buscam esse olhar do design circular, essencial na nossa abordagem”, reiteram Agustina Comas e Flavia Amadeu.

Deixe uma resposta

Top